Qualidade de vida para a idade madura
Geral

Qualidade de vida para a idade madura

Geriatra explica como viver para chegar bem a idade madura

Rosa Aguiar Rosa Aguiar
21/09/2020 13:42:51

Fatores genéticos influenciam na forma como envelhecemos, mas a forma como levamos a vida também vai definir se teremos uma velhice saudável e com qualidade. Quanto mais cedo nos cuidarmos, portanto, mais saúde teremos quando chegarmos na melhor idade. No mês do Dia Nacional do Idoso, celebrado no dia 27 de setembro, a geriatra Eveline Dantas, médica cooperada da Unimed JP, orienta para a prática de atividades e hábitos saudáveis para preservar a saúde e chegar na terceira idade com qualidade de vida. “Alimentação, prática de exercícios, evitar o tabagismo, estimular os grupos musculares e o cérebro são as melhores formas de manter a saúde mental e física”, alerta a médica.

Ela explica que as patologias cardiovasculares são as que têm mais incidência nos idosos e estão relacionadas principalmente ao sedentarismo. Em seguida, vêm as enfermidades osteoarticulares e neurodegenerativas. “A melhor prevenção é identificar os problemas desde cedo, além de fazer exames médicos periódicos”, orienta.

Eveline Dantas ressalta que houve uma mudança positiva na mentalidade da população. “Antes, os familiares costumavam levar os idosos fragilizados para cuidar das patologias que eles já apresentavam e, de uma década para cá, os mais jovens vêm buscando esse cuidado e prevenção”, afirma. Ou seja: não há idade definida para buscar um especialista. “Um jovem adulto pode sentir necessidade de ter um médico que o acompanhe e vá realizando os exames preventivos para ter autonomia e independência futuramente. O importante mesmo é ter o acompanhamento de um especialista”, esclarece Eveline.

Rotina ativa - Aos 73 anos, a aposentada Maria Amélia Conceição Viana mantém uma rotina ativa com as tarefas diárias. Costurar, limpar a casa, cozinhar e cuidar das plantas são algumas delas. “Eu me cuido muito, principalmente com a alimentação. É tudo saudável. Tomo suplementos, cortei o açúcar e estou tentando cortar o leite” revela. “Faço todos os exames para verificar os níveis do sangue e, mesmo com prótese total nos dois joelhos, eu pratico os exercícios”, conta orgulhosa.

Antes do início da necessidade de distanciamento social, Amélia participava, três vezes por semana, do treino funcional gratuito que a Unimed João Pessoa oferece na Praia do Cabo Branco para toda a sociedade – o Jampa Saúde. No momento, os exercícios estão sendo divulgados pelo Instagram da Cooperativa para serem feitos em casa e ela segue praticando, com todos os cuidados e orientações repassadas pelo profissional de educação física.

Além disso, Amélia também já participou do Grupo 60+Feliz, uma das atividades de promoção da saúde da Unimed JP oferecida gratuitamente para os clientes, e é um bom exemplo para se inspirar.

Como participar - Para prestar assistência aos idosos em relação à prevenção de doenças e como ter uma longevidade saudável, a Unimed João Pessoa criou o 60+Feliz. No momento, as reuniões do grupo estão suspensas por causa do distanciamento social, mas as atividades não pararam. A equipe - formada por assistente social, nutricionista, educador físico e enfermeiro - está realizando oficinas que podem ser feitas on line.

A programação é divulgada no Portal Unimed João Pessoa (www.unimedjp.com.br/vivermelhor). Portanto, é só acessar a página, conferir a programação e se inscrever. Além do 60+Feliz, também são oferecidas atividades de outros grupos. Para mais informações, o telefone é 2106-0430.

FONTE: Vivass Comunicação

Rosa Aguiar
Rosa Aguiar
Jornalista
Confraria da Lapada comemora Dia da Cachaça, neste domingo 13
Patati e Patatá e Maneva fazem shows drive-in em João Pessoa

Comentários

Quem Somos

Acreditamos que o turismo, atividade de grande impacto econômico e que fomenta uma cadeia de serviços e produtos capaz de mudar a realidade de uma cidade ou país, precisa ser planejado com ações eficazes que preservem as caraterísticas locais, para que traga a verdadeira melhoria na qualidade de vida das populações.